A melhor defesa

A melhor defesa é o ataque, logo, que os candidatos presidenciais aproveitem a vulnerabilidade de Cavaco na questão da choruda mais-valia com a venda das acções da SLN, é normal e os portugueses que vão pagar com impostos o enorme buraco financeiro até agradecem a ajuda para ver isso esclarecido. Já Cavaco, não tem matéria tão quente onde agarrar-se, mas como também sabe que a melhor defesa é o ataque, vai daí, atacou, e atacou com um argumento de fuga espantoso: comenta a situação da actual administração do banco, porque é público, não comenta a situação da anterior administração, porque era privada. Hélas! Este comportamento é mais ou menos como o da sua juventude, quando ia á chinchada: sempre que aparecia o dono do pomar de vara pau na mão, a solução era a fuga pra frente... fugiiiir a sete pés!

João Grazina às 02:21 | link do post | comentar