É a chamada mudança na continuidade...

 

Cavaco foi reeleito com uma margem indiscutível. Mas algo mudou. Em primeiro lugar, a imagem que os portugueses têm do actual PR transformou-se. Ficaram evidentes as suas ligações pouco claras ao BPN/SLN. O mito do Cavaco ultra sério, ultra idóneo e ultra honesto desvaneceu-se.

 

Em segundo lugar, com o discurso agressivo que ontem fez, Cavaco mostrou que o estilo “presidente de todos os portugueses” parece ter terminado. Este novo Cavaco demonstrou estar pouco preocupado em parecer magnânimo e conciliador.

(Imagem: Presidência da República

João Ricardo Vasconcelos às 14:22 | link do post | comentar