Da vizinhança (3)

 

Ler: Austeritarismo em Portugal, por João Rodrigues.

 

«Como bem sublinhou Manuel Alegre, as forças conservadoras nacionais, coerentes com a sua história de favorecimento de relações internacionais de subalternidade e dominação, desejam o controlo das politicas públicas pelo bloco político que transformou a União num FMI. Sabem que um governo sob a tutela de funcionários de instituições internacionais que não são eleitos é a melhor forma de impor um programa político que a maioria dos cidadãos não sufraga.»

tags: ,
Joana Lopes às 22:07 | link do post | comentar