A memória...

Cavaco Silva, numa postura de auto-admiração a raiar o intolerável, brinda-nos, recorrentemente, com incontáveis fantasias acerca do desempenho dos governos em que foi Primeiro-ministro.

 Fá-lo, apelando a expressões do tipo "de economia sei eu..." ou "se não leu, deveria ter lido"...

Contudo, não é necessário fazer-se apelo a vastos conhecimentos de economia, ou a uma demorada leitura, para saltarem à vista dados que fazem cair por terra tão oco argumentário.

Atentemos aos factos:

  1. O gráfico abaixo ilustra a evolução do défice orçamental português, entre 1977 e 2009.
    Sombreado a vermelho, podemos observar o período correspondente aos seus governos. Convirá não esquecermos que foi exactamente em 1986 que começaram a entrar as bateladas dos "fundos estruturais".

 

 

 

 

 

  

2. Atentemos agora ao desempenho da nossa agricultura, uma vez mais no decénio 1985 - 1995 (Instituto Geográfico Português http://www.igeo.pt/atlas/Images/Cap3/cap3b_p140a.jpg):

 

 

 

Mais palavras, para quê?

Os factos, falam por si!

 

 

António MS Rodrigues às 00:38 | link do post | comentar