O Debate é para Loucos?

 

É de uma apagada e vil tristeza a forma como Cavaco entende o debate democrático. Um amigo chamou-me a atenção para o que tinha acabado de ouvir, vim pesquisar e aí está o que disse em resposta às declarações do candidato Defensor Moura: “Já sabem que eu não respondo a outros candidatos, por mais loucos que eles sejam.”  Não comenta, não responde mas inclui na declaração o respectivo comentário ou a resposta: "...por mais loucos que eles sejam" Isto, é desonestidade intelectual, ou antes, nem chega a sê-lo, é mais pobre ainda, é incapacidade intelectual, pobreza de espírito, e arrogância antidemocrática, uma arrogância que deveria fazer pensar bem quem anda com manobras de diversão ditadas por amargos de boca e egos inchados.

João Grazina às 20:12 | link do post | comentar