A rosa e o compasso

Dai-nos de novo Astrolábio e o Quadrante

velas ao veto venha a partida

há sempre um Bojador perto e distante

nosso destino é navegar para diante

dobrar o Cabo dobrar a vida.

Dai-nos de novo a rosa e o compasso

a carta a bússola o roteiro a esfera

algures dentro de nós há outro espaço

lá onde se espera

o inesperado.

Manuel Alegre

Natali Oliveira às 21:57 | link do post | comentar